sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Feijão - Como fazer feijão simples com ou sem panela de pressão

 
Oi gente, que bom estar de volta com mais uma receita. Sei que feijão é uma coisa bem básica, mas fazer o básico bem feito pode ser difícil. Além disso sempre tem gente "chegando agora na cozinha".
 
Vamos à receita então!
 
Ingredientes:
 
2 xícaras de feijão carioca
8 xícaras de água
1 cebola média
2 dentes grandes de alho
2colheres de café de sal
1 colher de sopa de margarina
 
Obs: Se você for congelar uma parte do feijão, use proporcionalmente o sal a cebola e o alho na hora de temperar.
 
 
Modo de fazer na panela de pressão:
 
Escolha o feijão, retirando qualquer impureza ou feijão estragado. Lave muito bem, esfregando para retirar o pó. Você vai ver que a água vai ficar um pouco turva. Escorra a água e lave novamente. Leve à panela de pressão o feijão e a água, sem nenhum tempero. Feche a panela e deixe em fogo alto até pegar pressão e, então, diminua o fogo. Após vinte minutos na pressão, desligue o fogo e espere a pressão sair naturalmente (o feijão vai terminar de cozinhar desta forma). Quando toda a pressão sair, abra a panela. O feijão deve estar macio, mas ainda firme. Você pode temperar todo o feijão ou separar em porções antes de temperar para congelar. Para temperar, derreta a margarina e doure o alho e a cebola (picados ou ralados, como preferir). Adicione o sal e, com a ajuda de uma escumadeira, coloque apenas os grãos para refogar um pouco. Depois adicione o caldo e deixe apurar por uns 5 minutos. Prove e adicione mais um pouco de sal se for necessário. Se o caldo ficar ralo, amasse uma ou duas colheres de grãos de feijão e misture na panela.
 
Modo de fazer na panela comum:
 
Após escolher e lavar da mesma forma explicada acima, deixe o feijão em uma vasilha coberto com bastante água, de molho por 8 horas (geralmente quem faz assim, coloca o feijão de molho antes de dormir para cozinhar pela manhã, por exemplo). Depois do molho, escorra a água, lave novamente o feijão, leve ao fogo apenas com a água. Vai demorar aproximadamente 1 hora para ficar no ponto de temperar. Se for necessário, adicione mais água. Use sempre água fervendo para não atrapalhar o cozimento do feijão. Quando estiver macio, mas ainda firme, está pronto para temperar ou para congelar. A forma de temperar é igual ao da panela de pressão.

Rendimento:

Esta quantidade deve dar para seis pessoas. Na minha casa somos dois adultos e uma criança e rende três refeições.

Dica:

Congelando o feijão assim sem temperar, ele vai ficar com sabor de feito na hora. É só descongelar no micro-ondas ou naturalmente, temperar da mesma forma explicada antes, adicionando um pouco de água se necessário.

Sugestão: Na hora de refogar, antes de juntar os grãos de feijão, você pode adicionar bacon em cubinhos.


Bom apetite!!!

Para quem, como eu, gosta mesmo é do audiovisual, tem aí o vídeo para dar uma olhada.




















https://www.youtube.com/watch?v=SU0WcNgAu-E

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Xarope de nabo - ótimo remédio caseiro para tosse

Oi, gente! Hoje eu quero dividir com vocês uma descoberta que foi ótima para mim. Moro em uma cidade fria e a tosse tem sido companheira da minha filha( e  minha também desde que mudei para São Paulo). Bom...era. Uma colega do trabalho que me ensinou essa receita milagrosa, ideal para aquela tosse insistente, típica de clima frio. Quem tem criança pequena sabe que às vezes eles nem estão doentes, mas a tosse continua. Ótimo para aquele tipo de tosse que é só deitar e ela começa e atrapalha a dormir, principalmente as crianças. Já estou usando a um bom tempo, ensinei para várias pessoa e só estava esperando um tempinho para dividir com vocês.


O nabo é ótimo expectorante e muito bom para sinusite e gripes em geral.



Receita:

1 nabo com casca
1 xícara de açucar mascavo



Modo de fazer:

Lave muito bem o nabo com casca, usando uma esponja de cozinha que nunca tenha sido usada. Corte o nabo em rodelas de, aproximadamente, 1 cm. espalhe em um travessa e cubra com o açucar mascavo. Se não couber tudo pode fazer várias camadas. Cubra com um pano de prato bem limpo e deixe descansar por doze horas. Tire os pedaços de nabo e guarde o líquido em um recipiente de vidro bem limpo e fechado. Tome uma colher de sopa, três vezes ao dia. Eu guardo fora da geladeira e dura por 2 semanas, mais ou menos. Se estiver ficando com aspecto muito turvo e grosso não está mais bom para consumo.

É tão simples que nem dá para acreditar como funciona. Veja o vídeo de como fazer:





https://www.youtube.com/watch?v=mBmGZblAB4w

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Tapetes - 12 opções diferentes para decorar a sala de estar

Os tapetes são uma ótima forma de adicionar estilo, cores e texturas a um ambiente, além de serem confortáveis para nossos pezinhos. Ultimamente, ando louca para usar deste artifício para dar um "up" na decoração da minha sala. Ando pesquisando bastante e de tanto pesquisar acabei fazendo um novo post. Aí vai a minha seleção de tapetes maravilhosos. Lindos, modernos, charmosos e até mesmo "irados", rsrsrs. Ficaram de fora os de sisal. Primeiro porque já tive um, depois porque tiram nota zero no quesito conforto e , por último, porque estou a procura de ousadia aqui, nada neutro ou pastel. Não que eu não goste de tapetes "vanilla", eles são ótimos se o ambiente já está arrasando, mas aqui o arraso vai ficar por conta do tapete. Bom, vamos a eles...
 


Tapete elegante para sala Preto e Vermelho
Tapete preto e vermelho - Fonte








 

 
Este aqui fica muito bom em um ambiente que já usa bastante preto ou até com muuuuuito branco. Ousado, moderno e elegante...é quase impossível errar com ele.
 
 
 
 
 
 
 
  
tapete de sala com bordado recortado
Tapete "Recortado" com detalhes vazados - Fonte

 
 
 


O charme e a ousadia aqui ficam por conta do formato irregular e do estilo com bordado vazado. Nesse caso eu já preferiria em branco ou preto. Juntar este modelo com estampas ou cores fortes seria demais. Notem como o piso preto realça o tapete, mas o piso poderia muito bem ser vermelho, por exemplo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 







 


 
 
Este aqui, por si só, já dá o tom da decoração. Embora seja meigo, é preciso ter coragem para abraçar um tema assim. No contesto da foto eu chamaria de jovialmente moderno, mas acho que ele pode até ficar super irado se for usado em um ambiente mais ousado, com objetos em cor "neon" ou bem escuros, por exemplo.
 
 
 
 

















Tapete para sala com motivos geométricos coloridos estilo anos setenta
Tapete geométrico colorido - Fonte
 




Este aqui pode ficar ótimo, trazendo cor de forma positiva, como no caso da foto. Mas pode também dar uma cara "anos 70" para a sua sala. Depende do conjunto.
 















tapete elegante para sala cinza e preto
Tapete elegante para sala - Fonte




A estampa do tapete ao lado traz muita elegância a qualquer ambiente. Não é tão ousado, mas dá um "SUPER UP" em qualquer ambiente. Muito chique!!









 
 
 
  
 
 


 


Tapete moderno para sala, com círculos pretos como pintados à mão





Parece até pintado à mão. Muuuuuuuuuuuuitoo moderno. Só acho que fica melhor em ambientes bem amplos.
 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 


Tapete supercolorido para sala, com estilo alegre
Tapete Supercolorido e descolado para a sala - Fonte

 
 
 
Ester tapete pupercolorido foi perfeitamente  integrado ao ambiente, compondo um look alegre e divertido, super alto astral.
 
 
 
 
 



 




 
 
 
 




 
 
 
Em um ambiente quase monocromático, o tapete tem apenas uma cor, mas ela é viva e exuberante. Mais um exemplo de como uma única peça, desde que seja maravilhosa, pode decorar um ambiente praticamente sozinha. Embora seja de uma única cor, é tão marcante que faz a diferença. Gostei da combinação feita na foto com peças de estampa suave, como a almofada.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 

Tapete quadriculado bem colorido





 

A foto ao lado parece mais a de uma sala de espera de um consultório moderninho. Nada que lembre uma sala de estar, mas isso não apaga a beleza do tapete.
 
 
 

Tapete super moderno com listras coloridas em cores vibrantes
Tapete com listras em cores vibrantes - Fonte







Echei super charmoso e apropriado para os "descolados". Não é o que procuro para a minha casa. Quero uma peça impactante , mas que eu não vá enjoar muito rápido.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tapete super feminino e delicado para sala ou quarto
 
 
Esse aí ao lado eu achei foférrimo. Quando só penso em "isn't she lovely". Dificilmente um marido aceitaria isso numa boa. Eu amaria ter tido um desses se tivesse tido uma "casa de solteira".
















Tapete para sala ou copa com estilo moderno e aconchegante ao mesmo tempo
 
 
 
E aqui está o favorito!!! Embora tenha gostado muito de muitos outros, acho que vou querer é esse aqui,podem embrulhar, rsrsrs. Ele traz charme e estilo de forma aconchegante e moderna ao mesmo tempo. Quero um, muito mesmo!!!


Até a próxima!! 




sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Moqueca de Peixe com Camarão

Gente, hoje eu trouxe uma receita que simplesmente aaaaaaaaaaaaamo!! 

Moqueca



Gente, que coisa deliciosa! Fico com água na boca só de falar. Bom, a receita é fácil e rápida. Rende bastante e não leva pimenta para agradar a todos. Quem gostar, pode adicionar um pouco de pimenta na hora de comer, né?? Como sempre...temos aí um vídeo para facilitar, né! Beijos e até mais!!
 
 


Ingredientes:
500 gramas de peixe branco (eu uso cação)
500 gramas de camarão limpo
1/2 pimentão vermelho cortado em tiras
1/2 pimentão verde cortado em tiras
1/2 pimentão amarelo cortado em tiras
1 cebola grande cortada em tiras
1 tomate grande cortado em tiras
1 caixa de molho de tomate(340g)
1 vidro de leite de coco(200ml)
2/3 de um vidro de azeite de dendê
sal, alho e azeite

obs: se você for fazer só de peixe ou só de camarão, basta excluir um dos dois da receita e dobrar a quantidade do outro.
 
 
Modo de Fazer:
moqueca de camarão
Tempere os camarões e o peixe com sal e deixe pegando gosto enquanto corta os outros ingredientes.
Corte o peixe em pedaços do tamanho que preferir.
Leve o peixe ao fogo em uma panela com duas colheres de azeite apenas para dar uma refogada, rapidamente e sem mexer. Assim ele fica mais saboroso. Retire o peixe da panela e refogue o alho, a cebola e os pimentões em mais 2 colheres de azeite. Deixe apenas ficarem macios, mas não murchos. Junto o camarão e deixe por alguns minutos, até ficar rosado, com a panela tampada. Junte os tomates, o molho de tomate e o leite de coco e o cação, misturando com cuidado e tampe novamente, deixando por mais alguns minutos. Junte o azeite de dendê, tampe e deixe mais uns minutos.
moqueca de peixe e camarãoEstá pronto!!

 
A Moqueca vai muito bem com arroz branco, farofa, pirão de peixe além de batata ou mandioca frita. Bom apetite!!

domingo, 20 de janeiro de 2013

Porto de Galinhas

 Já estive duas vezes em Porto. Da primeira vez, em outubro de 2008, eu e meu marido estavamos visitando meu tio, em Recife, e ele nos levou lá. O dia estava lindo, a água quente, a maré baixa, as piscinas maravilhosas... foi perfeito, mas foi apenas um dia e ja fui embora pensando em voltar. Agora em dezembro de 2012 aconteceu o retorno tão sonhado. Chegamos dia 18 e fomos embora dia 26. Junto conosco estavam meu sogro e sogra, minha mãe, o mesmo tio e minha filha de 3 anos, a Júlia. Foram 8 dias de muita farra e fomos embora já pensando em voltar. Não tem jeito, você sempre vai querer voltar a Porto.


A praia de Porto de Galinhas está localizada no município de Ipojuca, a 65Km ao sul do Recife e foi eleita por 10 vezes consecutivas a Melhor Praia do Brasil – segundo a Revista Viagem e Turismo, da Editora Abril. Vindo do Recife, a seqüência de praias de Porto de Galinhas começa com Camboa (ao norte do Porto de Suape), Muro Alto, Cupe, Porto de Galinhas, Maracaípe e Pontal de Maracaípe. A temperatura média da água em Porto, arredores e piscinas naturais é de 28 graus centígrados. Da ponta de Maracaípe e Camboa são 18Km de coqueirais.

 A ÉPOCA CERTA
 
A coisa mais importante na hora de marcar uma viagem para Porto de galinhas é a escolha da data. O melhor período do ano vai de outubro a março e o pior mês seria o de julho, pois é o mês em que mais chove na região( bom, com o frio que faz em julho aqui em Jundiaí, talvez eu preferisse estar lá mesmo debaixo de chuva,rssrsrsr). Como o clima de lá é muito bom, acho que o mais importante é o dia específio que você escolhe. Para isso você vai precisar consultar a Tábua de marés de Porto de Galinhas do site Tábua de Marés ou no site da Marinha.
 

É preciso levar em consideração que a maré faz muita diferença em Porto de Galinhas. Quando ela está em seu nível mais alto, a  areia da praia desaparece, o mar chega no "muro" das barracas da praia e não é possível realmente ver os recifes. Quando ela está no nível mais baixo, dá para ir andando até as piscinas naturais e não há ondas quebrando na praia. Ela seca duas vezes por dia, mas todo dia em um horário diferente. Você deve escolher dias em que o ponto mais baixo da maré aconteça em horários bons para o banho. Entretanto, não é todos os dias que ela chega ao seu nível mais baixo. Quando consultar a tábua de marés você vai ver um número pequeno ao lado de cada horário da maré. O ideal é que este número seja 0,4m ou menor. Assim dá para aproveitar ao máximo as piscinas.


Só para dar água na boca, no Carnaval de 2013  e no Feriadão de Páscoa a maré está simplesmente perfeita!!!!!

A HORA CERTA

Para aproveitar as piscinas ao máximo, você deve chegar na praia, pelo menos, uma hora e meia  antes da maré chegar ao ponto mais baixo, assim você pode fazer a travessia o mais cedo possível e chegar às piscinas ainda vazias e desfrutar da água bem transparente. Depois que muita gente entra nelas, a água fica meio mexida. Ainda fica ótima, mas para tirar fotos ou filmar embaixo d'água, por exemplo, você vai perder um pouco de visibilidade. Além disso, você vai ter menos companheiros disputando espaço. Para ir às piscinas logo cedo você vai precisar ir de jangada, pois só é possível ir andando quando a maré está bem baixa. Fique atento. Quando a primeira jangada sair já hora de ir também. Nessa hora será a que você vai aproveitar mais.

HOSPEDAGEM

Quanto a hospedagem é preciso ficar atento para não ter decepções. As pousadas que ficam mais próximas do centro costumam ser bem simples. Geralmente não há estacionamento privativo e os carros ficam em locais pagos à parte ou na rua (no nosso caso, ficou na rua e não tive problemas quanto a isso). A pousada em que me hospedei tinha piso de cimento, banheiro bem rústico...até aí tudo bem...mas a cama, bem velhinha, simplesmente desmontou sem aviso prévio, o encanamento era péssimo, as fechaduras das portas eram super problemáticas e a água era amarela de um jeito que deixava a roupa suja mesmo depois de lavada,srrsr. Descaso do proprietário. Em compensação, os funcionários eram de uma simpatia e presteza imprecionantes. Se for reservar antecipadamente, tenha bem certeza do que está pagando.

Mas há boas pousadas e também bons hoteis, inclusive com acesso direto à praia, o que é muito útil. Você pode utilizar o restaurante, guarda-sol e cadeiras do hotel e fugir dos barraqueiros que, às vezes são meio inconvenientes (cobram uma fortuna pela comida, que eles chamam de petisco, apenas para você ter direito de sentar em uma barraca para se proteger do sol) e atendem muito mal. Podendo usar o guarda-sol do hotel, você pode curtir a praia e almoçar em um restaurante na cidade, onde você encontra muita variedade e preços mais agradáveis. A escolha aí vai da necessidade de cada um. Quando voltar a Porto vou fazer questão de um bom hotel, na beira da praia, nem que para isso tenha que diminuir a quantidade de dias. Pricipalmente para quem vai com crianças acho que é a melhor opção.

Passeios, praias visinhas, artesanato, artistas locais...Há tanto para se falar sobre a região de Porto de Galinhas que será preciso mais posts para falar de tudo.


SÓ POR CURIOSIDADE...

Sempre que falo de Porto as pessoas perguntam sobre o motivo do nome dela. Se você também fica curioso, aqui vai a explicação (que eu tirei Wikipédia, confesso).Inicialmente, a praia era chamada de Porto Rico, devido à sua abundância em pau-brasil. No auge da escravidão no Brasil, era o principal ponto de comércio de escravos ilegais no nordeste brasileiro. Muitas vezes, os mesmos chegavam escondidos embaixo de engradados de galinhas d'angola. A chegada dos escravos ilegais ao porto costumava ser anunciada pela frase tem galinha nova no porto! Desta forma, a praia de Porto Rico ficou conhecida como Porto de Galinhas.
Ocorreu um erro neste gadget

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...